O blog jornal basquetebol deriva de uma pagina no facebook, criado com o foco nas actividades de basquetebol desenvolvidas na cidade de Inhambane, uma vez que esta modalidade raras vezes e mediatizado. Entretanto, com este acredita - se que vai ajudar ...

13
Ago 13

FINAL DO TORNEIO

UniSaF VENCE G30 POR 48 - 36 E LEVANTA O CANECÃO

A UNIVERSIDADE SAGRADA FAMILIA venceu na noite de ontem na catedral do basquete do Desportivo de Inhambane a G30, por 48 -36, na final do torneio alusivo ao dia da Cidade de Inhambane que completou, 57 anos desde a sua elevação a categoria de Cidade em simultâneo ao dia Internacional da Juventude.


Numa partida, sob fogo cruzado do publico cedente da modalidade que reuniram – se na catedral do basquete do Grupo Desportivo de Inhambane para ver ombrear os gigantes do basquetebol da província, UniSaf, actual campeão composta por Juma, Narito, Borges, Anselmo, Gito e Macause e G30 uma família que esta a caminho de garantir a velha guarda da modalidade na província, diga – se de passagem que esta equipa reuni os maiores e grandes jogadores dos tempos já idos da província, nomeadamente, Paizinho, Amadinho, Chaclas (esteve como o treinador da partida ou seja orientou os dois últimos jogos), Eurico, Higino, Félix e alfo (irmãos), Kassandro e John. Com Cláudio na condução da máquina “Trintena”, protagonizou os tradicionais passes, coadjuvados por alfo e Eurico, entraram para o jogo sem sorte ao falhar 10 pontos consecutivos, deslises aproveitados a 100 porcento pela turma estudantil.


Em jogadas de contra – ataque JUMA (4) conduzia os seus companheiros, com movimentos suicidas para, Borges (9), Apolinário (10), Anselmo (8) jogadores preponderantes da turma estudantil nesta final, depositaram, 9, 10 e 11 pontos respectivamente, matimbe (12) e Juma (4), marcaram igual número de pontos 8 por cada e Silvestre com 2 pontos, perfazendo 48 pontos resultado que garantiu Victória para a UniSaF, e vencedor do torneio em seniores masculinos.


Embora o G30, ter saído ao intervalo vencendo a cinco pontos de diferença, resultado derivado de jogadas de posição na tentativa de explorar o poder físico, de Anuar, John e Alex, para tentar derrubar o adversário, mas não conseguiram evitar a progressão da UniSaF, no terceiro e querto período.

Onde estes, sob batuta de coach Paulo viraram o resultado e dilataram para 48 pontos deixando para trás o G30 com 36, dos quais 18 (felix), 7 (Claudio), 4 (Alfo), 3 (kass), 2 (Anuar) e 2 (John). Higino não entrou para o jogo de ontem devido a uma lesão grave no joelho direito. Mais uma vez o G30 falha o primeiro trofeu desde a sua criação, para o início da coleção, dando mais um a turma estudantil para a sua estante.


Em jeito de reacção a derrota, o G30, sublinhou que para além de vários factores que contribuíram para o desaire, o principal foi o cansaço, fomos a equipa que mais jogos realizou ou seja não tivemos descanso, fizemos três jogos consecutivos. Sem querer desvalorizar o trabalho do vencedor, foi uma Victoria com mérito, mereceram o título. Disseram

 

 

UP MASSINGA VENCEU A LINHA DESPORTIVA POR 49 – 44

No confronto a contar para 4º e 3º lugar, UP Massinga surpreende Linha desportiva ao vencer por 49 – 44, ficando assim com o terceiro lugar e quarto para o Linha Desportiva de Inhambane.

Linha Desportiva entrou para o desafio a desprezar o adversário, e UP, mostrou que não são desprezíveis, deram o seu máximo e atropelaram o adversário.


UP Massinga conduziram o jogo de forma serena e disciplina, com maior cestinha Edgar (7) ao converter 11 pontos, Fenias (13) 4, Harmenio (12) com 9, Egildo (10) 2, Stelvio (8) com 10, Júlio (6) 2, Armindo (11) 2, Batista com 2 e José (15) com sete, perfazendo assim 49 pontos, no total.

AGUIAS DE INHAMBANE E ESEDI, VENCERAM E ACUMULARAM DOIS TROFEUS

TENDO vencido todos jogos referentes as duas efemérides diante de UniSaF e ESMUELE, respectivamente, estas equipas facturaram dois trofeus para as suas estantes.

Hoje, a ESEDI venceu a ESMUELE por 46 – 32. O segundo jogo não se realizou porque o adversário da Aguias de Inhambane não se fez presente no recinto do jogo.

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO

Lamentavelmente, atletas e treinadores das equipas que estiveram directamente envolvidos no evento queixaram – se do novel de organização dos torneios.


“ E inaceitável o que vimos, um evento que representa duas efemérides comparou – se com uma jornada do campeonato provincial, não vimos nada de diferente. As equipas não foram valorizadas como autores directos do evento. Por exemplo, do ponto de vista logístico, a organização não proveu no mínimo Água para os atletas nem se identificaram com as datas”. Remataram os atletas


Por outro lado os treinadores afincaram o seguinte: ” E inconcebível que um evento alusivo a duas efemérides corra desta forma, estamos a comemorar o Dia da cidade de Inhambane, e dia internacional da Juventude. Das duas entidades responsáveis pelo evento, nenhuma se fez presente, que tradicionalmente tem acontecido, o Presidente do conselho Municipal e o Director do da Direcção da Juventude e desportos de Inhambane ou representantes. Provavelmente, fugiram da vergonha no concernente ao nível de organização”.  


Entretanto, este comportamento demonstra claramente o distanciamento destas entidades ao desporto, em particular o basquetebol. Entidades que por sinal superentendem o desporto, o Conselho Municipal tem representantes ou melhor vereação para a área do desporto, mas não se faz sentir nesta esfera. E, importa salientar que a Direcção Provincial Juventude e Desportos e o pai do desporto na província de Inhambane.


Este evento acontece uma vez a cada ano, facto que não justifique o nível de organização. Esperávamos mais do que vimos ou seja não vimos quase nada, troféus estamos habituados a conquistar, mas o difícil e conquistar a simpatia dos nossos pais do desperto, ao desporto, sentimo – nos abandonados. Concluíram.


Estes, em jeito de análise do evento, referiram que esteve a quem das espectativas no concernente a organização. E, fincaram que em termos competitivos ou seja a qualidade do basquete apresentado pelas equipas, correspondeu com as espectativas, uma vez que o basquete, quase não se via nos recintos há, já 5 anos.

 

 

 

 

publicado por felix às 10:58

Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

FSD

...

FSD

...

FSD

FSD

vfgt

arquivos
2013

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO